Santa Rita Durão sem ônibus

A empresa concessionária do transporte de passageiros em Mariana, Transcotta, deixou de atender o distrito de Santa Rita Durão na sexta-feira (01/9), gerando revolta nos moradores. Vereadores prometeram abraçar a causa. Na fanpage do FM os cidadãos deixaram registrado seu desabafo.

Empresa perdeu os passageiros de Bento Rodrigues

"Santa Rita é o distrito que mais contribui com a renda de Mariana. Sozinha, gera mais de 80% da renda da cidade. Pois, as mineradoras então localizadas em terras pertencentes a Santa Rita. Só acho que a Prefeitura de Mariana deveria fazer mais caso do lugar e da população. Estamos jogados às traças. Temos que ir em busca de outras cidades e muitas vezes outros estados para poder trabalhar, porque as poucas vagas oferecidas são exclusivamente para a população da Sede. Como se Santa Rita não pertencesse a Mariana. E o pouco que temos ainda querem nos tirar. Queremos ver nossa querida terra andar para frente, não para trás como vem acontecendo. Muitas vezes não temos médico. Quando vamos ao posto de saúde, dizem que o motivo é que todos os médicos estão de férias... onde já se viu isso? Quer dizer então que quando algum médico sai de férias, ninguém mais pode adoecer? Será que não existe mais nenhum médico disponível que possa vir atender a população? Pode parecer piada, mas é isso o que acontece. Aí então, dependemos do ônibus para ir fazer alguma consulta médica (porque aqui nem sempre tem médico), ou realizar outros compromissos... O que eles fazem? Cortam a única linha de ônibus que consegue atender a população. É uma vergonha!".

A empresa não tem mais passageiros de Bento Rodrigues. Além disso, esgotou-se o período de renovação. Quem é dono de ônibus em Santa Rita? A quem interessa não manter a linha da Transcotta atendendo a população menos favorecida de Santa Rita?

Voltar