Cursos qualificam mão de obra

Aconteceu na quarta (06/9) uma reunião no IFMG, campus Ouro Preto, sobre a possibilidade de oferta de cursos de qualificação profissional e reciclagem em áreas como a elétrica que precisa, a cada dois anos, de fazer cursos da NR10 de custo elevado. Na oportunidade, a diretora Maria da Glória falou para o grupo formado pela vereadora Regina Braga, jornalista Beatriz Magalhães e o técnico Thiago Gomes sobre uma gama de cursos que podem ser ofertados à comunidade, imprescindíveis para qualificar mão de obra e amenizar o desemprego na região.

Regina Braga, Beatriz Magalhães, Maria da Glória e Thiago Gomes

Thiago, que é ouro-pretano e técnico em elétrica, foi quem teve a ideia de buscar essa parceria para realização de cursos de reciclagem. O custo hoje de um curso de NR10 gira em torno de R$ 300,00. Para quem está desempregado é quase impossível dispender o valor a cada dois anos. O grupo está tentando conseguir esses cursos gratuitos em parceria com o IFMG, a UFOP e o Senai.

Voltar